MISSA DO ABRA - TE À RESTAURAÇÃO

27 DE AGOSTO

terça-feira, 14 de junho de 2016

Liturgia da Missa de Cura e Libertação do dia 17 de Junho 2016



Animação

INICIO
COMENTARISTA:


PEQUENOS RESTAURADOS: Os pais já podem levar seus filhos até a porta lateral a minha esquerda e deixar com a nossa equipe. Crianças de 1 a 11 anos.
Obs. Crianças que estão nesta faixa, mas que já fizeram a primeira comunhão deverão na igreja ficar e participar da missa.

Ritos iniciais:

Boa noite irmãos e irmãs!

Nesta sexta-feira onde a igreja celebra a 11ª Semana do Tempo Comum rezaremos em Ação de Graças, pelos Amigos do Abra – te à Restauração, em especial aos amigos do “Abra – te” que fazem aniversário neste mês de Junho.

Tema proposto para hoje: Onde está o teu tesouro?

O nosso coração se encontro onde está o nosso tesouro. A pergunta que devemos fazer hoje então é: Qual é nosso tesouro? Sabemos que nosso maior tesouro está onde mais investimos nosso tempo, dinheiro, atenção e cuidado. Onde realmente se encontra o nosso tesouro? Sejamos sinceros com nós mesmos. Em que empregamos nossos esforços? Quais são nossos interesses? Será que o dinheiro fruto do trabalho que pedimos a Deus, tem sido empregado também para ajudar ao próximo?  Temos nos lembrado da igreja? Ou o dinheiro tem servido apenas para o nosso próprio bem? E o nosso relacionamento conjugal, tem sido colocado na condição de um tesouro valioso ou mera bijuteria? Quando ambos os cônjuges valorizam o casamento a ponto de o considerarem um tesouro valioso, e essa consideração reflete através de suas atitudes, não haverá nada capaz de destruir esse laço de amor e felicidade, e consequentemente a família será promovida ao posto de um tesouro precioso.

Alegres e cantando, recebamos a procissão de entrada juntamente com o padre Francisco presidente desta celebração.

CANTO DE ENTRADA


ACOLHIDA FEITA PELO PADRE

PE: Cantemos a santíssima trindade.

PE. Ouvi Senhor, a voz do meu apelo: tende compaixão de mim e atendei-me; vós sois meu protetor: não me deixeis; não me abandoneis, ó Deus, meu salvador!
AS: Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo!


ATO PENITENCIAL: (CANTADO)

PE: No dia em que celebramos a vitória de Cristo sobre o pecado e a morte, também nós somos convidados a morrer para o pecado e ressurgir para uma vida nova. Reconhecemo-nos necessitados da misericórdia do Pai.

AS: AMÉM

HINO DE LOUVOR: CANTADO

ORAÇÃO DO DIA:

PE: Ó Deus, força daqueles que esperam em vós, sede favorável ao nosso apelo e, como nada podemos em nossa fraqueza, dai-nos sempre o socorro da vossa graça, para que possamos querer e agir conforme vossa vontade, seguindo os vossos mandamentos. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

AS: AMÉM!


LITURGIA DA PALAVRA

COMENTARISTA:

Na primeira leitura  O Senhor faz uma aliança com o povo e seu rei, mostrando a grandeza de seu amor capaz de perdoar todas as faltas.

Salmo 131 Este salmo é um pedido em favor de Davi. Deus abençoa Jerusalém, relembrando que Ele age através do contrato que Davi fizera com o povo: organizar o povo para a partilha e defendê-lo dos inimigos.

Na missa de hoje através do evangelho cada casal será levado a questionar quais são seus tesouros.
Você considera que Deus é seu tesouro? Então invista mais tempo na presença dEle.
Você considera seu cônjuge um tesouro? Então demonstre no relacionamento com ele.
Você considera seus filhos tesouros? Então lhes dê a atenção devida.
Sejamos sinceros e respondamos: Quais são nossos tesouros? Onde eles estão? Devemos continuar investindo neles?
Onde está o seu tesouro? Onde está o seu coração?
Quando amamos a Deus de todo o coração, quando nosso coração está nEle, é fácil amar os filhos e tê-los como tesouro, é fácil amar o cônjuge e tê-lo como um tesouro.

Ouçamos com atenção as leituras:

Primeira leitura:

Leitura do Segundo Livro dos Reis 11,1-4.9-18.20

Naqueles dias:
Quando Atalia, mãe de Ocozias,
soube que o filho estava morto,
pôs-se a exterminar toda a família real.
Mas Josaba, filha do rei Jorão e irmã de Ocozias,
raptou o filho dele, Joás, do meio dos filhos do rei,
que iriam ser massacrados,
e colocou-o, com sua ama, no quarto de dormir.
Assim, escondeu-o de Atalia e ele não foi morto.
E ele ficou seis anos com ela,
escondido no templo do Senhor,
enquanto Atalia reinava no país.
No sétimo ano,
Joiada mandou chamar os centuriões
dos quereteus e da escolta,
e introduziu-os consigo no templo do Senhor.
Fez com eles um contrato,
mandou que prestassem juramento no templo do Senhor
e mostrou-lhes o filho do rei.
Os centuriões fizeram tudo
o que o sacerdote Joiada lhes tinha ordenado.
Cada um reuniu seus homens,
tanto os que entravam de serviço no sábado,
como os que saíam.
Vieram para junto do sacerdote Joiada,
e este entregou aos centuriões
as lanças e os escudos de Davi,
que estavam no templo do Senhor.
Em seguida, os homens da escolta,
de armas na mão, tomaram posição
a partir do lado direito do templo até ao esquerdo,
entre o altar e o templo, em torno do rei.
Então Joiada apresentou o filho do rei,
cingiu-o com o diadema
e entregou-lhe o documento da Aliança.
E proclamaram-no rei, deram-lhe a unção
e, batendo palmas, aclamaram: 'Viva o rei!'
Ouvindo os gritos do povo,
Atália veio em direção da multidão no templo do Senhor.
Quando viu o rei de pé sobre o estrado,
segundo o costume,
os chefes e os trombeteiros do rei junto dele,
e todo o povo do país
exultando de alegria e tocando as trombetas,
Atália rasgou suas vestes e bradou:
'Traição! Traição!'
Então o sacerdote Joiada ordenou aos centuriões
que comandavam a tropa:
'Levai-a para fora do recinto do templo
e, se alguém a seguir, seja morto à espada'.
Pois o sacerdote havia dito:
'Não seja morta dentro do templo do Senhor'.
Agarraram-na e levaram-na aos empurrões
pelo caminho da porta dos Cavalos até ao palácio,
e ali foi morta.
Em seguida, Joiada fez uma aliança
entre o Senhor, o rei e o povo,
pela qual este se comprometia a ser o povo do Senhor.
Fez também uma aliança entre o rei e o povo.
Todo o povo do país
dirigiu-se depois ao Templo de Baal e demoliu-o.
Destruíram totalmente os altares e as imagens
e mataram Matã, sacerdote de Baal, diante dos altares.
E o sacerdote Joiada pôs guardas na casa do Senhor.
Todo o povo do país o festejou
e a cidade manteve-se calma.
Palavra do Senhor.
Palavra do Senhor.
AS: Graças a Deus!


SALMO RESPONSORIAL (131)

R. O Senhor preferiu Jerusalém por sua morada.

O Senhor fez a Davi um juramento, *
uma promessa que jamais renegará:
'Um herdeiro que é fruto do teu ventre *
colocarei sobre o trono em teu lugar! R.

Se teus filhos conservarem minha Aliança *
e os preceitos que lhes dei a conhecer,
os filhos deles igualmente hóo de sentar-se *
eternamente sobre o trono que te dei! R.


Pois o Senhor quis para si Jerusalém *
e a desejou para que fosse sua morada:
14'Eis o lugar do meu repouso para sempre, *
eu fico aqui: este é o lugar que preferi! R.

R. O Senhor preferiu Jerusalém por sua morada.

De Davi farei brotar um forte Herdeiro, *
acenderei ao meu Ungido uma lâmpada.
18Cobrirei de confusão seus inimigos, *
mas sobre ele brilhará minha coroa! R.


ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO (Mt 6,19-23)


PE: O Senhor esteja convosco!
AS: Ele está no meio de nós!
PE: + Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus.
AS: Glória a vós Senhor!

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos:
Não junteis tesouros aqui na terra,
onde a traça e a ferrugem destroem,
e os ladrões assaltam e roubam.
Ao contrário, juntai para vós tesouros no céu,
onde nem a traça e a ferrugem destroem,
nem os ladrões assaltam e roubam.
Porque, onde está o teu tesouro,
aí estará também o teu coração.
O olho é a lâmpada do corpo.
Se o teu olho é sadio, todo o teu corpo ficará iluminado.
Se o teu olho está doente,
todo o teu corpo ficará na escuridão.
Ora, se a luz que existe em ti é escuridão,
como será grande a escuridão.
Palavra da Salvação.
AS: Glória à vós Senhor!

PROFISSÃO DE FÉ
Creio em Deus Pai todo-poderoso, criador do céu e da terra; e em Jesus Cristo, seu único Filho, nosso Senhor;...
Amém!



PRECES DA ASSEMBLÉIA

PE: Apresentamos confiantes a nossas preces á Deus, dizendo.

AS: Casais que rezam unidos permanecem unidos.

COMENTARISTA:
Rezaremos agora pelos pedidos da assembleia. Ao fim das preces o Padre Francisco conduzirá o momento de bênçãos das alianças dos casais. O ministério de música juntamente com os nossos intercessores podem ajudar neste momento.

1 - Senhor Deus, pedimos por nosso bispo Dom Francisco Carlos, pelo nosso pároco PE Joaquim, nosso vigário PE Leonardo, pelo PE Francisco que preside esta celebração e pelos demais padres de nossa Diocese, para que cumpram seu papel de pai da comunidade com sabedoria, força e fé. Rezemos: Casais que rezam unidos permanecem unidos.

2 - Deus, que criaste o homem e a mulher para serem seus colaboradores na sua criação, fazei com que a Sagrada Família de Nazaré seja sempre modelo inspirador de famílias para estes casais. Rezemos: Casais que rezam unidos permanecem unidos.

3 - Senhor ajude a cada casal que recebeu de Ti o dom de serem pais, a transmitirem a seus filhos os valores da fidelidade, da unidade, do amor, do respeito e que vivam a fraternidade, a solidariedade e a amizade em seus lares. Rezemos: Casais que rezam unidos permanecem unidos.

4 - Senhor, criador de todas as coisas tenha compaixão de cada casal aqui presente, encham-nos de força, sabedoria e perseverança na solução de suas dificuldades e sofrimentos. Rezemos: Casais que rezam unidos permanecem unidos.

5 - Senhor, ajude os casais que lutam incondicionalmente para cuidar de seus filhos, pelos pais que fraquejam diante das dificuldades, pelos pais doentes, idosos, presos e pelos que não conseguem participar da vida de seus filhos. Rezemos: Casais que rezam unidos permanecem unidos.

6 - Pai misericordioso olhe por todos os pedidos de oração depositados na nossa caixa, que eles sejam atendidos conforme a vossa vontade. Rezemos: Casais que rezam unidos permanecem unidos.


PE: A vós, ó Deus, confiamos nossa oração; vós que por amor nos criastes, nos remistes e continuamente nos santificais no vosso Espírito. Por Cristo, nosso Senhor.
AS: Amém!


COMENTARISTA:

Momento de bênçãos das alianças.

Que os casais possam se dirigir aqui a frente, ficando de frente um para o outro enquanto o padre Francisco e o ministério de musica conduzem um momento de oração que culminará com a benção das alianças.

LITURGIA EUCARÍSTICA

COMENTARISTA:
O que você tem de mais precioso a oferecer a Deus? Seu conjugue? Sua família? Então convidamos todas as famílias a se levantarem e juntas caminharem até o cesto da oferta, para simbolicamente ofertar a Deus aqueles que você mais ama. Você está sozinho? Não tem problema. Venha oferecer a Deus aquela pessoa que você gostaria que estivesse aqui com você.
E você que pode ajude a igreja com sua contribuição material.

CANTO DO OFERTÓRIO

PE: Orai irmãos e irmãs...

AS: Receba o Senhor por tuas mãos este sacrifício, para a glória do seu nome, para o nosso bem e de toda santa igreja.

SOBRE AS OFERENDAS

PE: Ó Deus, que pelo pão e vinho alimentais a vida dos seres humanos e os renovais pelo sacramento, fazei que jamais falte este sustento ao nosso corpo e à nossa alma. Por Cristo, nosso Senhor.
AS: Amém!

Oração Eucarística II
(Missal, página 477)

PE: O Senhor esteja convosco!
AS: Ele está no meio de nós!

PE: Corações ao alto!
AS: O nosso coração está em Deus!

PE: Demos graças ao Senhor nosso Deus!
AS: É nosso dever e nossa salvação!


PE: Na verdade, é justo e necessário, é nosso dever e salvação dar-vos graças, sempre e em todo o lugar, Senhor, Pai santo, Deus eterno e todo-poderoso, por Cristo, Senhor nosso. Ele é a vossa palavra viva, pela qual tudo criastes. Ele é o nosso salvador e redentor, verdadeiro homem, concebido do Espírito Santo e nascido da virgem Maria. Ele, para cumprir a vossa vontade e reunir um povo santo em vosso louvor, estendeu os braços na hora da sua paixão a fim de vencer a morte e manifestar a ressurreição. Por ele os anjos celebram vossa grandeza e os santos proclamam vossa glória. Concedei-nos também a nós associar-nos a seus louvores, cantando (dizendo) a uma só voz:

AS: Santo, santo, santo...

PE: Na verdade, ó Pai, vós sois santo e fonte de toda santidade. Santificai, pois, estas oferendas, derramando sobre elas o vosso Espírito, a fim de que se tornem para nós o Corpo e † o Sangue de Jesus Cristo, vosso Filho e Senhor nosso.

AS: Santificai nossa oferenda, ó Senhor!

PE: Estando para ser entregue e abraçando livremente a paixão, ele tomou o pão, deu graças e o partiu e deu a seus discípulos, dizendo:
TOMAI, TODOS, E COMEI:
ISTO É O MEU CORPO,
QUE SERÁ ENTREGUE POR VÓS.

Do mesmo modo, ao fim da ceia, ele tomou o cálice em suas mãos, deu graças novamente o deu a seus discípulos, dizendo:

TOMAI, TODOS, E BEBEI:
ESTE É O CÁLICE DO MEU SANGUE,
O SANGUE DA NOVA E ETERNA
ALIANÇA, QUE SERÁ DERRAMADO
POR VÓS E POR TODOS,
PRA REMISSÃO DOS PECADOS.
FAZEI ISTO EM MEMÓRIA DE MIM.

Eis o mistério da fé!

AS: Todas as vezes que comemos deste pão e bebemos deste cálice, anunciamos, Senhor, a vossa morte, enquanto esperamos a vossa vinda!

PE: Celebrando, pois, a memória da morte e ressurreição do vosso Filho, nós vos oferecemos, ó Pai, o pão da vida e o cálice da salvação; e vos agradecemos por que nos tornastes dignos de estar aqui na vossa presença e vos servir.

AS: Recebei, ó Senhor, a nossa oferta!

PE: E nós vos suplicamos que, participando do Corpo e Sangue de Cristo, sejamos reunidos pelo Espírito Santo num só corpo.

AS: Fazei de nós um só corpo e um só espírito!

PE: Lembrai-vos, ó Pai, da vossa Igreja que se faz presente pelo mundo inteiro: que ela cresça na caridade com o papa, com o nosso bispo (...) e todos os ministros do vosso povo.

AS: Lembrai-vos, ó Pai, da vossa Igreja!

PE: Lembrai-vos também dos nossos irmãos e irmãs que morreram na esperança da ressurreição e de todos os que partiram desta vida: acolhei-os junto a vós na luz da vossa face.

AS: Lembrai-vos, ó Pai, dos vossos filhos!

PE: Enfim, nós vos pedimos, tende piedade de todos nós e dai-nos participar da vida eterna, com a virgem Maria, mãe de Deus, com os santos apóstolos e todos os que neste mundo vos serviram, a fim de vos louvarmos e glorificarmos por Jesus Cristo, vosso Filho.
AS: Concedei-nos o convívio dos eleitos!

PE: Por Cristo, com Cristo, em Cristo, a vós, Deus Pai todo poderoso, na unidade do Espírito Santo, toda a honra e toda a glória, agora e para sempre.
AS: Amém!
PAI NOSSO (CANTADO)
PE: Livrai-nos de todos os males, ó Pai, e dai-nos hoje a vossa paz. Ajudados pela vossa misericórdia, sejamos sempre livres do pecado e protegidos de todos os perigos, enquanto, vivendo a esperança, aguardamos a vinda do Cristo Salvador.
AS: Vosso é o reino, o poder e a glória para sempre.
PE: Senhor Jesus Cristo, dissestes aos vossos apóstolos eu vos deixo a paz, eu vos dou a minha paz.Não olheis o nosso pecado mas a fé que anima a vossa igreja; dai-lhe segundo o vosso desejo a paz e a unidade. Vós que sois deus com Pai e Espírito Santo.
AS: Amém!
PE: A paz do Senhor esteja sempre convosco!
AS: O amor de Cristo nos uniu!
PE: Irmãos e irmãs saudai-vos em Cristo Jesus!
AS: Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós. Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós. Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo dai-nos a paz!
PE: Provai e vede como o Senhor é bom; feliz de quem Nele encontra seu refúgio. Eis o cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo!
AS: Senhor, eu não sou digno(a) de que entreis em minha morada, mas dizei uma palavra e serei salvo(a).

CANTO DA COMUNHÃO
Depois da comunhão
PE: Ó Deus, esta comunhão na eucaristia prefigura a união dos fiéis em vosso amor; fazei que realize também a comunhão na vossa Igreja. Por Cristo, nosso Senhor.
AS: Amém!

PREPARAÇÃO PARA O PASSEIO DO SANTÍSSIMO.

BENÇÃO DO SANTÍSSIMO

Canto: Tão Sublime Sacramento
PE: Do céu lhe destes o pão.
TODOS: Que contém todo sabor.
OREMOS: Senhor Jesus Cristo, neste admirável sacramento nos deixastes o memorial de vossa paixão. Dai-nos venerar com tão grande amor o mistério do vosso Corpo e do vosso Sangue, que possamos colher continuamente os frutos da redenção. Vós que sois Deus com o Pai, na unidade do Espírito Santo.
TODOS: Amém.
Bendito seja Deus.
Bendito seja o Santo nome.
Bendito seja Jesus Cristo, verdadeiro Deus e verdadeiro homem.
Bendito seja o nome de Jesus.
Bendito seja seu Sacratíssimo Coração.
Bendito seja o seu Preciosíssimo Sangue.
Bendito seja Jesus no Santíssimo sacramento do altar.
Bendito seja o Espírito Santo Paráclito.
Bendita seja a grande Mãe de Deus, Maria Santíssima.
Bendita seja sua Santa e Imaculada Conceição.
Bendita seja sua gloriosa Assunção.
Bendito seja o nome de Maria, Virgem e Mãe.
Bendito seja São José, seu castíssimo esposo.
Bendito seja Deus nos seus anjos e nos seus santos.
PE: Deus e Senhor nosso, protegei a vossa igreja. Dai-lhe santos Pastores e dignos Ministros.
Derramai as vossas bênçãos sobre o nosso Santo Padre o Papa; sobre o nosso Bispo   sobre o nosso Pároco, sobre todo o Clero; sobre o chefe da Nação e do Estado,  e sobre todas as pessoas constituídas em dignidade,  para que governem com justiça. Dai ao povo brasileiro paz constante e prosperidade completa. Favoreça com os feitos contínuos da vossa bondade, o Brasil, este Bispado  a Paróquia em que habitamos,  a cada um de nós em particular,  e a todas as pessoas por quem somos obrigados a orar, ou que se recomendaram as nossas orações.
Tende misericórdia das almas dos fiéis,  que padecem no purgatório. Dai-lhes, Senhor, o descanso e a luz eterna.

PAI NOSSO...AVE MARIA...
GLÓRIA  AO PAI...

Antes da Benção Final:

COMENTARISTA:
Avisos:

ü  Amigos do Abra – te à Restauração (Falar do projeto);
ü  Pizzas do Abra – te. Será entregue aqui no salão da paróquia dia 06 de Agosto, valor de R$ 16,00. Você pode ajudar de duas formas, adquirindo o vale e também ajudando-nos a vender. Procure o pessoal da mesa lá no fundo para comprar ou ajudar a vender.

ü  Missa de Cura e Libertação na Praça. A nossa próxima missa será realizada na praça Carlos Sampaio Filho dia 08 de Julho uma sexta-feira, véspera de feriado a partir das 19h30min. Celebrante: Padre Jesus Aguiar.  O tema será: “Volta para o Senhor Teu Deus”.

Neste dia estaremos recebendo Leite em caixinha e açúcar que será doado para a nossa Stª Casa de Penápolis. Este será o nosso gesto concreto como católicos nesta missa.

ü  Sorteios:
ü  Testemunhos se houverem.


COMENTARISTA:
Se foi bom pra você participar dessa missa, convide outras pessoas, vamos comentar nas redes sociais, vamos testemunhar e traga o seu testemunho por escrito para nós, deixe que todos saibam as maravilhas que o Senhor fez por você.

ü  Agradecimento ao Padre Francisco...


Benção Final



Por: Pedro Trajano de Araujo
     Cláudia Perin Trajano de  Araujo



0 comentários:

Postar um comentário